a cave

Posted in poesia by homem da cave on Maio 28, 2007

 

 

 

47. A rosa

A rosa sobe no elevador.
Mais gorda que bela, a mulher
mais túmulo que cama, a jarra
mais saudade que terra, o jardim.

 

 

 

6 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Jorge A. S. said, on Maio 29, 2007 at 00.00

    Gosto destes textos curtos e incisivos. Isto pode ser um disparate, mas a forma não só contém a substância como lhe dá um gume que marca e “fere” a leitura, acordando-a do letargo habitual.

    Abraço.

  2. 3vairado said, on Maio 29, 2007 at 00.00

    Ainda, há, felizmente, quem seja parcimonioso e pregnante (de dizer), agudo e reflectinte.

  3. Maria said, on Maio 31, 2007 at 00.00

    Também nas pedras. Particularmente forte, este. E as flores.

  4. gitas said, on Junho 6, 2007 at 00.00

    Podes ir ao meu blog por favor?
    Tens lá uma nomeação para ti.

  5. ana salomé said, on Junho 9, 2007 at 00.00

    fabuloso.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: