a cave

O homem da cave

Contará mais a intenção de escrever um poema ou o resultado dessa intenção? Um poema falhado continuará a ser um poema, existiu uma ideia poética no autor. Essa ingenuidade revela um gesto poético, poesia sem poema.

Publicado por homem da cave, 28 de Novembro de 2006

***

Desci à cave e decidi dar um destino aos papéis. Como sou do tipo que não deita nada fora e ainda não atingi o estado de maturidade do detective catalão Pepe Carvalho, que acendia a lareira com os livros da sua biblioteca, decidi que este blog é um bom insulto ao meu ego. De certo modo é um trabalho de arqueologia, procurando nestes escritos as ruínas de um outro eu que já fui, que fingi ser ou que ainda virei a ser. Que importa o que são estes escritos, se bons se maus. Passaram anos a desafiar-me, merecem o castigo de os espetar nesta parede virtual.

Publicado por homem da cave, 27 de Novembro de 2006

 

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Ahasvero said, on Dezembro 7, 2006 at 00.00

    moito obrigado, ao meu ego agrada espetar nesta parede virtual (no sé si es correcto mi portugués)

    saudade!

  2. homem da cave said, on Dezembro 7, 2006 at 00.00

    Ahasvero, o teu português é bem melhor que o meu espanhol. Mas lá nos vamos entendendo. Egos bem para cima e gracias pela visita.

  3. louca said, on Maio 23, 2007 at 00.00

    Para retribuir a visita… bomblog 🙂


Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: